Justiça condena morador a indenizar prefeito Jose Crespo por publicação no Facebook

26 de junho de 2019

Justiça condena morador a indenizar prefeito Jose Crespo por publicação no Facebook

Um morador de Sorocaba foi condenado a pagar indenização ao prefeito José Crespo, por conta de uma publicação no Facebook considerada ofensiva pela Justiça, mas ainda cabe recurso da decisão.

No processo consta que Fábio Diebe deve retirar a postagem e pagar uma indenização de R$ 6 mil a Crespo que havia pedido R$ 10 mil por dano moral. Fábio publicou memes, fotos de uma guarita da GCM construída no Centro da cidade e várias mensagens contra a prefeitura e o prefeito. Em uma das publicações, o morador comparou Crespo a um personagem da Turma da Mônica. “O Maurício de Souza já falou que, depois de tudo o que viu aqui, o personagem Louco dele terá um irmão muito mais louco que ocupa o sexto andar”, postou o morador, em referência ao local onde fica o gabinete do prefeito.

O caso corre pela 2ª Vara Civil de Sorocaba e teve decisão publicada pela juíza Gabriela Marques da Silva Bertoli.

Na postagem, o munícipe se referia ao chefe do Executivo como “louco” e dizia que ele deveria “ser internado”.

Segundo a decisão da juíza, o “réu abusou de seu direito de liberdade de expressão ao exceder a crítica política que fazia ao autor, proferindo ofensas de cunho pessoal e atacando diretamente a sua dignidade e decoro.” Ela afirmou ainda que as expressões “louco” e “tem que ser internado em um hospício urgente” atingem a vida pessoal do prefeito.

O morador já afirmou que irá recorrer da decisão, porque não atacou a pessoa de José Crespo, mas, sim, a figura como prefeito.

Fonte: G1 / Foto: Reprodução/Câmara dos Vereadores