Na direção correta

2 de Abril de 2015

Paulo João Estausia está no Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região desde 1991. Natural de Campinas, recebeu o título de Cidadão Sorocabano, cidade onde mora desde 1984 e onde está conquistando cada vez mais prestígio diante da classe trabalhadora que representa

Na direção correta

Um das metas é organizar os caminhoneiros, separar os trabalhadores dos empresários (Foto: Assessoria de Imprensa)

Zona Norte Notícias – Há quanto tempo está na Presidência do Sindicato e o que isso significa para você?
Paulo Estuasia – Componho a diretoria do Sindicato dos Rodoviários de Sorocaba e Região desde 1991. Assumi a presidência em 1999 e considero que a minha permanência à frente da entidade se dá pelo fato de a categoria reconhecer e aprovar a linha política adotada pelo conjunto da direção de defesa intransigente dos trabalhadores.
ZN notícias – Vamos começar já falando de um assunto que repercutiu, o caso da Readmissão dos funcionários da Coca. Como foi essa luta e como foi mais essa conquista?
Paulo – No final de fevereiro fomos surpreendidos pela demissão coletiva dos 217 motoristas e ajudantes da empresa Sorocaba Refrescos, fabricante e distribuidora dos produtos Coca-Cola em nossa região. Desde então, estamos acampados em frente à empresa, fizemos carreata, fomos dialogar com os vereadores na Câmara Municipal e trabalhamos juridicamente. Conquistamos importantes vitórias nesse longo caminho, mas ainda temos que vencer algumas etapas para garantir a reintegração definitiva dos trabalhadores.
ZN notícias – Como está se desenrolando o caso e o que vocês esperam que aconteça e que mude após esse episódio?
Paulo – As conquistadas dessa luta se dão, principalmente, pela unidade e participação dos trabalhadores que, mesmo nos momentos difíceis, estão firmes no objetivo de reaver seus empregos. Nós iremos lutar até esgotar a última possibilidade de garantir os empregos, e assim sempre será. Entendemos que as empresas têm o objetivo de obter lucro, mas é preciso ter responsabilidade com os trabalhadores. O lucro só é possível com o trabalhador. E o trabalhador precisa do emprego para sustentar sua família. Portanto, é preciso que as empresas tenham respeito com seus trabalhadores.
ZN notícias – O Sindicato dos Rodoviários tem uma grande história e força na representação da categoria. Quais foram as conquistas mais importantes durante toda essa trajetória?
Paulo – Os trabalhadores em transportes da região de Sorocaba são referência para os demais trabalhadores do ramo em todo o Brasil pelos salários e benefícios conquistados e pelas intensas lutas. O reconhecimento do nosso trabalho também se dá no âmbito da CUT e do governo federal. Eu estou presidente há três mandatos da Confederação Nacional dos Trabalhadores em Transportes e Logística da CUT (CNTTL) e sou conselheiro do Conselho Nacional das Cidades, do Ministério das Cidades. O nosso vice-presidente e vereador de Sorocaba, companheiro Francisco França, preside a Federação Estadual dos Trabalhadores em Transportes Terrestre no Estado de São Paulo.
ZN notícias – Quais são os benefícios que o associado ao sindicato possui?
Paulo – Além da defesa dos direitos e dos empregos, o Sindicato oferece aos trabalhadores assessoria jurídica e aos sindicalizados alguns espaços gratuitos de lazer como a Colônia de Férias em Ilha Comprida, o Clube de Campo e o Pesqueiro Vitória, ambos localizados em Brigadeiro Tobias, convênio com diversos cabeleireiros, e cursos de informática e de línguas.