Procon Sorocaba orienta consumidores para compras de Páscoa

22 de março de 2018

Procon Sorocaba orienta consumidores para compras de Páscoa

"Operação Páscoa" é realizada desde o último dia 21. (Foto: Divulgação)

A fim de evitar o desperdício de dinheiro e preservar a saúde dos consumidores, o Procon Sorocaba iniciou na ultima quarta-feira (21), um plano de orientação para as compras de Páscoa.

Tendo em vista que nesta época os preços dos ovos tendem a subir e a quantidade de chocolate nas embalagens diminuir, uma das recomendações é realizar uma pesquisa de preços e avaliar as melhores oportunidades do mercado. Por exemplo: um ovo de páscoa de 190g pode custar R$ 29,90, sendo que uma barra de chocolate de 100g custa R$ 3,99. Dessa forma, duas barras custarão R$ 8,00, ou seja, mais chocolate e preço bem menor.

Estar atento ás embalagens também é uma das orientações – verifique se está em boas condições, se o produto está amassado ou violado. As mercadorias devem estar armazenadas longe dos itens de limpeza, sem qualquer fonte de calor ou exalando forte odor. No caso dos chocolates infantis (que possuem brindes e brinquedos), é importante verificar o selo recomendável para idade de uso, além da frase “Atenção! Contém brinquedo certificado no âmbito do Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade” e o selo de segurança da INMETRO.

Além do aumento da busca por chocolates, a procura por peixes durante a semana Santa também fica em ascensão. Isso porque, para alguns católicos, a presença de carnes vermelhas é retirada das mesas durante a sexta-feira da Paixão. No lugar da carne, os peixes se tornam os protagonistas das reuniões em família e um dos mais procurados nos mercados.

Por ser um produto sensível e que necessita de um bom armazenamento, é importante que o consumidor esteja atento a higiene e exposição dos peixes: no supermercado, devem estar em balcão frigorífico, e na feira, é necessário ter gelo triturado, estar em balcão de aço inox inclinado, protegido do sol e de insetos, além de ser obrigatório que o feirante use luvas descartáveis. No caso de congelados, é importante observar a embalagem e a temperatura: o produto congelado deve estar conservado sempre a temperaturas inferiores a -18 °C, e o resfriado abaixo de 0 °C; a embalagem deve conter peso líquido, identificação do país de origem e do produtor, lote, registro no órgão de fiscalização competente, data de acondicionamento e prazo de validade, além do carimbo do Serviço de Inspeção Federal.

O Procon ressalta a importância da pesquisa dos produtos, preços e diferentes marcas disponíveis para compra. O superintendente do Procon, Laerte Moletta, alerta para não deixar as compras para última hora. “Reservar um tempo para pesquisar os valores e a qualidade dos produtos também é uma boa ideia. Em um momento de crise econômica, deixar as compras para a última hora para tentar economizar pode não ser o mais indicado”, afirma. Para outras informações, o Procon Sorocaba está localizado  R. Dr. Nogueira Martins, 513, Centro e retira dúvidas pelo telefone (15) 3333-2550.


Tags:, , , , , , , ,