Reforma da Previdência: 180 deputados estão dispostos a aprovar, mas com ajustes

21 de março de 2019

Reforma da Previdência: 180 deputados estão dispostos a aprovar, mas com ajustes

Segundo o levantamento feito pelo jornal “O Estado de S. Paulo” com 97,6% dos deputados da Câmara e divulgado na edição desta quinta-feira (21), o governo do presidente Jair Bolsonaro tem até o momento pelo menos 180 deputados dispostos a aprovar a reforma da Previdência, desde que sejam feitas mudanças no texto final apresentado ao Congresso. Desse total, apenas 61 votariam a favor da proposta sem sugerir alterações.

Dos 212 deputados que afirmaram ser contrários ao texto, 119 mudariam o voto se houvesse alterações. Os principais pontos de rejeição são as novas regras para aposentadoria rural e para o pagamento do benefício assistencial a idosos e pessoas com deficiência de baixa renda.

Os questionamentos foram feitos nas últimas duas semanas por telefone, email ou assessoria de imprensa.  Até o fechamento da edição, a reportagem ainda não havia conseguido localizar 12 deputados. Outros 228 se recusaram a declarar o voto.

A reforma da Previdência, principal aposta do governo para colocar a economia brasileira nos trilhos, só deve ser colocada em votação no plenário da Câmara depois de aprovada na comissão especial. Antes, o texto tem de passar pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ). A previsão é que o texto seja apreciado no órgão no dia 3 de abril. Os deputados esperaram a proposta dos militares, entregue na quarta-feira, 20, pelo governo, para iniciar a tramitação.


Tags: