São Bento: o futuro do lateral Régis será definido nesta quinta

14 de março de 2019

São Bento: o futuro do lateral Régis será definido nesta quinta

O lateral Régis, que tem sua quarta passagem pelo São Bento,  contratado por ter boa relação com o presidente Márcio Rogério Dias e com outros diretores, e que foi preso na última quarta-feira por embriaguez ao volante e posse três porções de cocaína,  tem uma reunião marcada nesta quinta-feira com a direção do clube para definir seu futuro no time. Sem condições físicas, o lateral não irá participar dos treinos nesta semana. A intenção do clube é oferecer ajuda, com a possibilidade de manter o contrato, válido até o fim da Série B, mas primeiro a diretoria quer sentir se o atleta tem interesse em ser ajudado.

Em entrevista à Rede Globo, Régis admitiu o envolvimento com drogas,  mas negou o vício. Em menos de um ano, foi a terceira vez que Régis foi detido. Logo após a saída do São Paulo, de onde foi dispensado por problemas extracampo, acabou sendo preso em Brasília acusado de invasão ao domicílio de um vizinho. No início deste ano, quando defendia o CSA e vivia grande fase, foi novamente preso após confusão em frente a um motel de Maceió. O problema foi determinante para Régis ser dispensado pelo clube alagoano.

O São Bento, que está na lanterna do Paulistão e precisa vencer os últimos dois jogos da primeira fase, além de torcer contra rivais diretos para escapar do rebaixamento, se prepara para a partida contra o RB Brasil, na sexta-feira, às 18h45, no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.