Selo Social inova e propõe união dos setores para a construção de projetos para a cidade

21 de setembro de 2018

Selo Social inova e propõe união dos setores para a construção de projetos para a cidade

Nesta quinta-feira (20), a Prefeitura de Sorocaba por meio da Secretaria de Cidadania e Participação Social – SECID, promoveu mais uma mobilização com os representantes dos 3 setores através do programa Selo Social.

Para o 4º ciclo os representantes participam de grupos (cada um leva o nome de uma empresa investidora no programa), são 7 grupos pensando em como desenvolver o projeto para 2019 através de ferramentas, como o mapa de sustentabilidade ao acordo de participação, fortalecendo a ideia de que juntos trabalhamos com a realidade local, “Planejando o futuro de Sorocaba”, afirma o orientador e Presidente do Instituo Abaçaí Brasil, Aureo Giunco Junior, na reunião realizada na casa de um dos investidores, o Sorocaba Park Hotel.

Este foi o quarto encontro, e com os cadastros dos projetos por meio de uma plataforma digital que concentra informações desde o estudo de realidade aos impactos das ações na cidade Sorocaba, que está com cerca de 80 organizações que juntas estão realizando, até o momento, mais de 170 projetos de parcerias entre eles, e com a certeza que juntos vão alcançar muito mais impactos até o final do ciclo de 2018.

O Selo Social é uma oportunidade para que os três setores – público, privado e social, pensem juntos e busquem a formalização de parcerias, no sentido de trabalhar elementos ou programas sociais como ações prioritárias, que demostrem o seu compromisso e sua atuação enquanto Organização, visando melhorar a qualidade de vida na nossa cidade.

O programa Selo Social Sorocaba é totalmente gratuito aos participantes inscritos, tendo como investidores – DANA, ESAMC, FLEX, Kanjiko do Brasil, SefMidia, Sorocaba Park Hotel e Unimed Sorocaba. Outras informações podem ser obtidas no site do Instituto: www.selosocial.com.