“Somos 200 milhões de trouxas explorados” afirmou Paulo Guedes

4 de julho de 2019

“Somos 200 milhões de trouxas explorados” afirmou Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, convidado para falar sobre “o Brasil e seus caminhos”, foi a principal atração do primeiro dia do Expert 2019, voltado exclusivamente para agentes do mercado financeiro, na tarde desta quinta-feira, 4, em São Paulo. Entre aplausos e risadas, fez um panorama dos desafios do governo, Previdência e problemas que vê no Brasil.

“O Brasil é uma pirâmide de cabeça para baixo, com a União com o todo [de recursos], ao contrário dos Estados Unidos. Se falta segurança pública, hospital, saneamento, esse recurso tem que descer. Não pode estar lá em cima. Nós somos 200 milhões de trouxas, explorados por duas empreiteiras, quatro bancos, seis distribuidoras de gás, uma produtora de petróleo” , declarou o ministro.

Guedes, ao subir ao palco, foi recebido com um minuto de aplausos em pé. O ministro fez um pequeno retrospecto da economia brasileira nos últimos anos e tratou de como tem tentado fazer diferente.

“O presidente torce para um time, surge um estádio. O presidente gosta de um empresário, ele vira o maior produtor de proteína do mundo. Gosta de outro, vira a maior empreiteira da América Latina. Não pode ser assim. Você precisa ter competição, precisa de mercado”, afirmou.

Guedes apontou o excesso de gastos públicos como “o principal vilão do Brasil nos últimos 40 anos” e disse que o primeiro passo é aprovar a reforma da Previdência enquanto enxuga a máquina estatal. Reconheceu que o governo vive sua fase mais difícil neste início, mas que a economia só tende a melhorar.

Fonte: UOL Economia / Foto: Agência Brasil


Tags: