Sorocaba fica entre as 5 melhores do mundo em mobilidade durante Congresso na Espanha com o VLT

15 de novembro de 2018

Sorocaba fica entre as 5 melhores do mundo em mobilidade durante Congresso na Espanha com o VLT

mundo. A classificação ocorreu nesta quarta-feira (14) durante o Congresso Mundial de Cidades Inteligentes, realizado na Espanha. O prefeito José Crespo apresentou o projeto no evento. A proposta é um dos compromissos de campanha do prefeito e tem coordenação da Secretaria de Mobilidade e Acessibilidade.                                                             O projeto foi classificado a partir do que foi submetido pela assessoria de assuntos internacionais da Prefeitura e feito a partir das informações cedidas pelas Secretarias de Mobilidade e Acessibilidade e Planejamento e Projetos. Após a classificação, a Secretaria de Comunicação e Eventos produziu o vídeo que foi apresentado para prefeitos e participantes de todo mundo. A partir de agora ocorrerão novas etapas do concurso que vai definir qual é a cidade com o melhor projeto de mobilidade do mundo.

O projeto VLT

A implantação do metrô de superfície em Sorocaba, como é conhecido VLT, prossegue em ritmo acelerado. O VLT circulará dentro da cidade desde a região próxima de George Oeterer, na divisa com Iperó, até o bairro de Brigadeiro Tobias. Nesse percurso haverá vários e modernos pontos de embarque e desembarque de passageiros, inclusive utilizando a antiga Estação Ferroviária no centro e um ponto de embarque e desembarque no Alto da Boa Vista, que concentra os serviços administrativos da cidade, com o ponto final na estação desativada de Brigadeiro Tobias.

Ele chegará à velocidade de 70 km/h e terá capacidade de transportar de 250 a 350 passageiros, conforme o modelo a ser escolhido. Funcionará à energia elétrica, ou seja, não vai gerar poluição ambiental e nem sonora, já que será um veículo silencioso. Poderá ter até sete vagões, todos interligados, equipados com ar condicionado, sinal de internet sem fio, tomadas para carregar de celular e sistema de segurança com vigilância interna por câmera de vídeo e completa comunicação com as estações e centros de controles. As plataformas de embarque ou desembarque terão 45 metros ou 35 metros.
Há duas semanas, um acordo de cooperação com a empresa Rumo, que opera a malha ferroviária que passa por Sorocaba, foi mais um passo dado da administração de José Crespo nesse projeto.