Sorocaba realiza ‘Dia D’ de vacinação contra sarampo neste sábado

17 de outubro de 2019

Sorocaba realiza ‘Dia D’ de vacinação contra sarampo neste sábado

A Prefeitura de Sorocaba, por meio da Secretaria da Saúde (SES), promove neste sábado (19) o ‘Dia D’ de vacinação contra o sarampo. A vacinação ocorrerá das 8h às 17h nas 32 Unidades Básicas de Saúde (UBSs). A imunização é destinada apenas às crianças não vacinadas de seis meses a menores de cinco anos (4 anos, 11 meses e 29 dias). É de extrema importância a apresentação da carteira vacinal no momento do atendimento.

Desde o dia 7 de outubro está ocorrendo a Campanha Nacional de Vacinação com foco na proteção ao sarampo, destinada às crianças não vacinadas. A campanha para este público se encerra no dia 25 de outubro.

No período de 18 a 30 de novembro, será realizada a vacinação de adultos jovens não vacinados na faixa etária de 20 a 29 anos de idade. A vacina é a melhor forma de prevenção da doença.

Para consultar o endereço e o horário de funcionamento das unidades de saúde, basta acessar o link –http://saude.sorocaba.sp.gov.br/ .

Número de casos

A Vigilância Epidemiológica Municipal de Sorocaba identificou até o momento 45 casos de sarampo na cidade. O primeiro foi confirmado em maio de 2019. Dentre os confirmados, 26 (57,7%) casos são do sexo masculino e o maior número de casos é na faixa etária de 20 a 34 anos. Todos os casos foram confirmados por exame laboratorial. Os casos estão distribuídos em todas as áreas do município, com maior coeficiente de incidência na regional Leste e Oeste.

A doença

O sarampo é uma doença viral aguda, altamente contagiosa, que cursa com febre, tosse, coriza, conjuntivite e manchas no corpo. A transmissão do vírus do sarampo é direta, de pessoa a pessoa, por meio das secreções nasofaríngeas expelidas pelo doente. O período de incubação é de uma a duas semanas.

A principal medida para evitar a introdução e transmissão do vírus do sarampo é a vacinação da população suscetível, aliada a um sistema de vigilância de qualidade e suficientemente sensível para detecção oportuna de qualquer caso suspeito de sarampo.

É de extrema importância que as pessoas que apresentem febre, exantema (manchas vermelhas no corpo) associados a sintomas respiratórios, procurem atendimento médico e sigam as orientações de afastamento do convívio social enquanto estiverem no período de transmissão (6 dias antes do exantema até 4 dias após).


Tags:, , ,