Todas as crianças de seis meses a um ano devem ser vacinadas contra o sarampo, determina MS

22 de agosto de 2019

Todas as crianças de seis meses a um ano devem ser vacinadas contra o sarampo, determina MS

Até 1,4 milhão crianças devem ser alcançadas, com a determinação do Ministério da Saúde de vacinar contra o sarampo todas as crianças de seis meses a menores de um ano de idade a partir desta quinta-feira (22).

Na região, Sorocaba, Jundiaí, Itu, Itupeva, Araçariguama e Piedade (SP) estão na lista dos municípios com surto da doença, mas as crianças que se enquadram na classificação devem receber as doses em todas as cidades. Ao todo, nestas seis cidades já são 22 casos confirmados da doença.

“O que a gente está orientando é que as pessoas procurem as Unidades Básicas de Saúde (UBSs) mais próximas para que seja feita uma análise da carteira de vacina para ver se a pessoa realmente precisa tomar”, explica a enfermeira Jéssica Lícia Katzer Tadros.

A enfermeira explica que mesmo as crianças de seis meses a um ano que forem vacinadas contra sarampo devem tomar a tríplice viral com 12 meses e depois com 15 meses. A vacina protege contra sarampo, caxumba e rubéola e está no calendário nacional de vacinação.

“A gente estendeu a vacinação para crianças a partir de seis meses. Então, a criança toma e depois com um ano ela toma de novo a vacina de rotina e com um ano e três meses toma a vacina de reforço, complementa.

As crianças menores de um ano têm mais risco do vírus evoluir para casos mais graves e mortes. A vacina está disponível de graça na rede pública. Os novos carregamentos que estão vindo do governo são frascos com líquido para apenas uma aplicação, o que evita o desperdício.

A indicação para quem não tem certeza se já tomou é que faça outra vez. De 1 a 29 anos são necessárias duas doses e de 30 a 59 anos uma dose basta.

São Paulo concentra o maior número de casos de sarampo. Já são mais de 1.600 em todo o estado. Até agora foram confirmados 14 casos de sarampo em Sorocaba e em Jundiaí são três casos. Para tomar a dose é importante levar a carteirinha de vacinação.

Fonte: G1




Tags:, , , ,